inici
 
     
   
Reproducción y género: consideraciones sobre la paternidad, la masculinidad y las teorías de la concepción

Rosely Gomes Costa

Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

Bibliografia

ALMEIDA JÚNIOR, A. (1940) Paternidade: aspectos bio-psicológico, jurídico e social: São Paulo: Editora Nacional.

ALMEIDA, M.V. de (1995) Senhores de Si. Uma interpretação antropológica da masculinidade, Lisboa: Fim de Século.

ARILHA, M. (1999) Masculinidades e gênero: discursos sobre responsabilidade na reprodução. Dissertação de Mestrado em Psicologia Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

BADINTER, E. (1985) Um amor conquistado: o mito do amor materno, Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

BADINTER, E. (1993) XY, la Identidad Masculina, Bogotá: Grupo Editorial Norma.

BARBOSA, R.M. (2000) "Relações de gênero, infertilidade e novas tecnologias reprodutivas" Estudos Feministas, v.8, n.1.

BERTAUX, D. (1980) L'approche biografique: sa validité méthodologique, ses potentialités, Cahiers Internationaux de Sociologie, vol. LXIX.

BILAC, E.D. (2000) O "homem de família": conjugalidade e paternidade em camadas médias nos anos 90. Trabalho apresentado no GT Família e Sociedade, do XXIV Encontro Anual da ANPOCS, Petrópolis.

COSTA, A. & BRUSCHINI, C. (Orgs.) (1989) Rebeldia e submissão: estudos sobre a condição feminina, São Paulo: Vértice, Editora Revista dos Tribunais- Fundação Carlos Chagas.

COSTA, R.G. (1995) Concepções sobre maternidade entre mulheres que buscam tratamento para esterilidade, Dissertação de Mestrado em Sociologia, UNICAMP.

COSTA, R.G. (2001) Concepção de filhos, concepções de pai: algumas reflexões sobre reprodução e gêner, Tese de Doutorado em Ciências Sociais, UNICAMP.

DALLY, A. (1983) Inventing Motherhood: The consequences of an ideal, New York: Schocken Books.

DELANEY, C. (1986) "The meaning of paternity and the virgin birth debate" Man. v.21, n.3.

DOUGLAS, M. (1976) Pureza e Perigo. Uma análise dos conceitos de poluição e tabu, São Paulo: Editora Perspectiva.

FONSECA, C. (1995) Os caminhos da adoção, São Paulo: Cortez Editora.

KOFES, S. (1994) Experiências sociais, Interpretações individuais: histórias de vida, suas possibilidades e limites, Cadernos Pagu, n.3.

LABRA, M.E. (Org.) (1989) Mulher, saúde e sociedade no Brasil, Petrópolis: Ed. Vozes, em co-edição com ABRASCO.

LAQUEUR, T. (1992) "Los hechos de la paternidad", Debate Feminista, ano 3, v. 6.

MEDRADO, B. (1998). "Homens na arena do cuidado infantil: imagens veiculadas pela mídia" In: ARILHA, M.; RIDENTI, S.; MEDRADO, B. Homens e masculinidades. Outras palavras, São Paulo: ECOS/ Editora 34.

NOLASCO, S. (1993) O mito da masculinidade, Rio de Janeiro: Rocco.

NOVAES, S. & SALEM, T. (1995) "Recontextualizando o embrião" Estudos Feministas, v.3, n.1.

PATTON, M.Q. (1990) Qualitative evaluation and research methods, London: Sage Publications.

PINA CABRAL, J. de (1993) "A lei e a paternidade: as leis de filiação portuguesas vistas à luz da antropologia social" Análise Social, vol. XXVIII (123-124).

RIDENTI, S.G.U (1998) "A desigualdade de gênero nas relações parentais: o exemplo da custódia dos filhos" In: ARILHA, M.; RIDENTI, S.G.U.; MEDRADO, B. - 1998. Homens e masculinidades. Outras palavras, São Paulo: ECOS/Editora 34.

SALEM, T. (1995) "O princípio do anonimato na inseminação artificial com doador (IAD): das tensões entre natureza e cultura" Physis - Revista de Saúde Coletiva, v.5, n.1.

STRATHERN, M. (1988) The Gender of the Gift. Problems with women and problems with society in Melanesia, Berkeley: University of California Press.

STRATHERN, M. (1992) Reproducing the Future. Essays on Anthropology, Kinship and the New Reproductive Technologies, Manchester: Manchester University Press.

STRATHERN, M. (1995) "Necessidade de pais, necessidade de mães" Estudos Feministas, ano 3, n. 2.

 

 
    ISSN 1696-8298 © de cada text: el seu autor, © d'aquesta edicio: Quaderns-e de l'ICA